Pessoas que recebe o seguro desemprego tem direito ao PIS?

Mensalmente, o trabalhador brasileiro que exerce funções por intermédio da carteira de trabalho assinada irá perceber alguns descontos no seu salário bruto. Estes descontos funcionam como um fundo a cumprir vários benefícios importantes,como é o caso do seguro desemprego e do PIS. Mas vale ressaltar que cada recurso tem um funcionamento diferente, portanto, para saber se quem recebe um pode receber o outro, leia o texto a seguir e fique por dentro do assunto.

O que é o PIS?

PIS é a sigla para Programa de Integração Social e é o benefício responsável pelo pagamento do abono salarial para os funcionários da rede privada. Enquanto isso, o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) é direcionado para o poder público.

O PIS/PASEP proporciona o pagamento de um valor importante, equivalente aos dias de serviços prestados, sendo no mínimo 30 dias corridos ou não. O valor máximo a ser pago é de um salário mínimo.

Lembrando que para ter direito ao saque, o contribuinte precisa ter registro no PIS há no mínimo cinco anos, ter seus dados informados corretamente pelo empregado no RAIS e receber até dois salário mínimos vigentes. Não sabe se tem direito ao PIS? Então faça a sua consulta PIS 2019 e descubra!

O que é o seguro desemprego?

O seguro desemprego é um auxílio financeiro que fica disponível para o trabalhador quando ele é dispensado de seu cargo sem prestação de justa causa.

O tempo mínimo do contribuição para ter direito a este suporte é de 9 meses e as parcelas são divididas entre 3 e 5 meses. O valor é fixo, diferente do PIS.

Vale lembrar que para receber a quantidade máxima de parcelas, o trabalhador precisa cumpri pelo menos 24 meses de contribuição om a carteira assinada.

Quem recebe o seguro tem direito a sacar o PIS?

Como estes são dois direitos diferentes do funcionário que trabalha com carteira assinada, receber o seguro desemprego não impede o pagamento do PIS, desde que você esteja de acordo com os requisitos do mesmo.

A maior diferença entre ambos é que o seguro desemprego possui um valor fixo para as parcelas determinadas, enquanto o PIS;PASEP é cumulativo, sendo maior de acordo com o tempo de contribuição.

Ambos os recursos são gerenciados pela instituição financeira Caixa Econômica Federal e você pode ir ate uma unidade com sua documentação pessoal para solicitar. Caso tenha dúvidas, se informe com o seu empregador ou verifique as suas contribuições com a Previdência Social.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *